16 dicas para recuperação de carrinho por email

16 dicas para recuperação de carrinho por email

Com uma taxa média global de 60 a 75% de abandono de carrinho, milhões, bilhões e por que não trilhões de dólares são deixados para trás. No Brasil, segundo uma pesquisa feita pela Consultoria em E-commerce Dr. e-commerce, uma média de 65% de abandono de carrinho no e-commerce brasileiro.

O que isso significa? Que se uma loja tem 1.000 usuários que chegam até o carrinho, apenas 350 seguem para concluir o pedido.

 

Agora a pergunta certa a ser feita, desses 650 carrinhos abandonados, quantos realmente são passíveis de recuperação? Eu acredito que este número não passe de 35%, acompanhando centenas de clientes que utilizam as ferramentas nacionais disponíveis.

Mas porque esse índice não é maior já que pesquisas americanas apontam 63% de taxa de sucesso de recuperação? É simples a resposta, subutilizam as ferramentas e deixam no piloto automático. Não se preocupam com o conceito e tem a ferramenta por ter, até por ser um custo relativamente baixo e algumas até gratuitas!

 

Separei algumas dicas que utilizo com os meus clientes e que passo nos meus cursos de e-commerce.

 

Mas antes de ler o post sobre as 16 dicas para recuperação de carrinho por email, deixo o vídeo que gravamos em 2 partes sobre o tema, confira:

 

Parte 1  – 16 dicas para recuperação de carrinho por email


 
 

Parte 2 – 16 dicas para recuperação de carrinho por email


 
 

Ou se preferir, pode ler o texto abaixo.

16 dicas para recuperação do carrinho abandonado

 

1 – Persista com o carrinho

 

Manter o carrinho intacto, ou seja, deixar o item disponível pode ser uma boa estratégia. Segundo um estudo da Barilliance (empresa americana de recuperação e personalização de vitrines), descobriu que a maioria dos usuários que eram recuperados pela ferramenta, levasse em média, 14 dias para recuperação! Ou seja, este usuário estava no início da jornada da compra provavelmente (Confira meu vídeo explicando a jornada da compra no e-commerce – Jornada de Compra no E-commerce), na etapa pesquisa, foi até o carrinho para ter base de decisão da compra (simular frete, prazo de entrega, meios de pagamento, etc.) e com isso, foi comparar no mercado as alternativas.

E no meio desse processo longo, é bem provável que não se lembre de todos os sites, ou melhor, de todos os seus carrinhos deixados para trás e quem persistir, sairá na frente, desde que tenha o produto!

Entretanto, se você tem um e-commerce que possui um estoque raso, poucos itens em estoque por unidade, será praticamente impossível manter por tanto tempo, então uma saída seja criar um grande senso de urgência na compra, fazendo ações mais curtas, dentro do mesmo dia ou um prazo máximo de 3 dias.

 

2 – Capturar o email no início da compra

 

Pedir para usuário o seu email no início do processo de checkout (conclusão da compra), assim, você aumenta significativamente a chance de acionar mais “abandonos” de carrinho.

 

3 – Seja rápido

 

Um estudo feito com 60.000 carrinhos pela SeeWhy, descobriu que 54% de todos os carrinhos recuperados foram nas primeiras horas após o abandono, ou seja, ele estava quente.

Enviar o email de recuperação imediatamente (janela de até 1 hora), resulta em taxas de abertura de email bem maiores, taxa de recuperação maiores e mais receita.

 

Durante a composição deste artigo, fui testando o abandono de alguns e-commerces e até a conclusão dele, não recebi nenhum aviso…

 

4 – Crie um assunto atraente

 

É um ponto bem importante até pelo fato que a caixa postal desse possível comprador estará cheia de campanhas de email marketing, e se seguir a mesma linha de raciocínio, este email ficará misturado com as demais campanhas. Então é importante usar a palavra CARRINHO, para chamar a atenção dele, além de chamadas falando para voltar e efetivar a compra. Usar o nome do usuário, também ajuda!

 

Exemplos de assuntos:

 

Seu carrinho expira em breve, corra!

 

Aproveite o desconto neste carrinho

 

Me leve para casa, volte e termine seu carrinho

 

5 – Mostrar conteúdo no Carrinho

 

Como as técnicas para email marketing, quanto mais html e texto, melhor, pois na primeira visualização, se for só imagem, não irá aparecer nada no email.

Escreva um texto mencionando o motivo e convide ele para abrir de fato a mensagem.

 

Concordo que dará mais trabalho, mas o objetivo é aumentar as vendas certo?

 

Além disso, é interessante interagir com o usuário, uma campanha dizendo, “Ei, acho que você esqueceu alguma coisa, não?. Usar uma imagem divertida, pode ser uma saída.

 

6 – Deixe claro as chamadas de ação

 

Um layout leve, não poluído, com uma boa diagramação e boa distribuição de peso dos elementos. Como qualquer campanha de marketing, o botão de voltar ao carrinho, precisa estar bem visível e com destaque.

Nosso principal objetivo aqui é que ele volte e conclua a compra.

 

7 – Crie urgência

 

Assim como no carrinho, a mensagem tem que passar urgência em voltar para fechar aquele pedido. Mensagens como, não vou ficar aqui te esperando, poucas unidades em estoque, estou te esperando, podem ser bem efetivas nesta etapa.

 

8 – Mostre valor

 

Gosto muito do email de recuperação de pedidos que a Polishop manda, ela trás a tona os principais motivos que me levaria a decidir a compra, como tenho frete grátis, tenho parcelamento, entre outros valores. Podemos falar da garantia do produto, das qualidades dele, enfim, temos que ser criativos e usar gatilhos de decisão da compra.

Para a categoria de Moda e Acessórios, é importante frisar que a primeira troca é grátis por exemplo, talvez o comprador hesitou em fechar o pedido por não ter esta certeza. Vale lembrar que podemos usar as mensagens da TIP Bar, aquela barra onde diz sobre frete grátis, parcelamento, tempo de empresa, troca grátis e mais.

16 1 300x28

 

 

 

9 – Aproveite a opinião pública

 

Se você utiliza uma ferramenta review (avaliação da loja e de produtos), lembre no email de recuperação que aquele item foi bem avaliado, até cite as avaliações das pessoas, isso com certeza terá um impacto positivo para um gatilho de retorno ao carrinho.

16 4 1 300x271



Ainda temos mais conteúdo! Confira aqui o restante das dicas do texto 16 dicas para recuperação de carrinho por email

10 – Teste a recomendação do produto

 

Muitos usuários abandonaram o carrinho por não ter certeza do que irá levar, até mesmo a quantidade. Sugerir linhas complementares, combos, kits, pode ser uma boa.

Por exemplo, uma consumidora escolheu uma blusa, e na loja tem um look que combina com uma calça jeans, sugira para ela levar o kit. Isso requer uma automação e customização, mas estou certo que esta ideia funcionária muito bem!

 

Segundo a eMarketer, mais da metade dos clientes que retornaram, gastaram mais do que haviam abandonado no carrinho, está ai a prova de que esta ação pode ser muito bem sucedida.

16 6 300x252   16 5  268w

11 – Viabilize o contato

 

Principalmente para compras mais detalhadas, complexas ou técnicas. É muito importante abrir um canal de relacionamento, até para sanar uma possível dúvida.

Deixar ali um link direto para o chat, whatsapp (um número específico para recuperação dos pedidos), telefone da central, são formas de incentivar ele tirar esta dúvida.

 

Confesso que a ideia de chamar um número de whats direto, surgiu agora, gostei muito e já vou implementar nos meus clientes 😀

 

Dica: Para facilitar, segue o link para chamar direto um número de whats via site ou email:  https://api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5511999999999

12 – Faça um email responsivo

 

É fato que o consumo da internet vem cada vez mais se tornando mobile (móvel), por este motivo o seu email tem a obrigação de ser responsivo, se adaptar a diferentes tamanhos de tela. Mas o mais importante, não adianta nada o email estar adaptado se o seu processo de compra não funcionar BEM no mobile, ok?

 

13 – Seja estratégico, crie uma programação de envios

 

Se você seguiu a dica 3 de ser rápido, e este usuário não voltou, precisamos criar uma régua de impacto, e tentar mais uma vez em algumas horas, em um dia, e alguns dias.

Como descobrir isso? Veja um relatório de média de dias para a conversão, quanto tempo na média um consumidor entra e efetiva a compra (é possível ver isso no Google Analytics).

Paralelo ao envio, é importante ter uma estratégia para conversão, alguns e-commerces oferecem um desconto na compra no último email de impacto, como “Ok, você venceu, ganhou 10% de desconto”. Apesar de não gostar muito deste tipo de comunicação, tem uma certa taxa de sucesso.

 

14 – Incentive com sabedoria

 

Cuidado com o que você oferece, pois isso vicia o comprador. Até meu pai (não é um grande consumidor online) já sabe que se colocar um item no carrinho e esperar alguns dias, você ganha desconto! Isso é perigoso, gosto da estratégia de sazonalidade deste tipo de ação, e se fosse possível, só para primeira compra (isso depende da ferramenta).

 

15 – Não seja um spammer

 

Durante o estudo, e após muitos carrinhos abandonados (já peço desculpas, rsssss), acabei recebendo e-mails de ofertas que não solicitei ou aceitei receber, então, cuidado!

Além de não usar indevidamente este email, é importante ter uma mensagem clara para ele cancelar o envio destes e-mails de recuperação, em muitos testes esta opção ficou bem escondida… e na minha opinião é ao contrário.

Uma mensagem clara, e uma opção clara como “Me desculpe, entendemos sua decisão, cancelar envios”.

 

16 – Remarketing para o carrinho

 

Podemos pensar em uma campanha de reimpacto no facebook após a abertura daquele email, é uma ideia que a agência de um cliente teve e eu adorei, os resultados foram incríveis.

Mas lembro que isso não pode virar perseguição, ninguém gosta disso!

 

 

Desafio para as plataformas de e-commerce

 

Atribuir um número de carrinho abandonado, assim como temos um número de pedido. Com certeza isso seria útil para as ferramentas e para o gestor do e-commerce, seria uma forma de acompanhamento.

 

Agora, se você precisa de ajuda para montar uma estratégia de recuperação de carrinho, me mande uma mensagem contato@thiagosarraf.com.br

 

Conclusão para 16 dicas para recuperação de carrinho por email

 

Recuperar carrinho abandonado tem que ser um fato para o seu e-commerce, pois isso irá te ajudar no faturamento da sua loja.

Para ter efetividade na recuperação, siga as 16 dicas para recuperação de carrinho por email, desta forma, suas ações serão mais efetivas.

 

Confira aqui mais textos sobre o mesmo tema: Abandono de Carrinho

Quais são suas dicas para recuperação de carrinho por email favoritas? Comente o nosso post sobre 16 dicas para recuperação de carrinho por email

 

Deixe um Comentário

Entre em contato