Como escolher a melhor plataforma de e-commerce?

Neste artigo vamos falar sobre os principais pontos na hora de escolher a plataforma para a sua loja e como escolher a melhor plataforma de e-commerce.

 

Provavelmente essas são as perguntas que eu mais ouço como consultor: Qual a melhor plataforma de e-commerce?

E como escolher a melhor plataforma de e-commerce?

 

É claro que todos querem ter sua loja na melhor plataforma, porém existe a plataforma melhor de todas, supra sumo que atende as demandas com a maior eficiência de qualquer segmento.

 

Como escolher a melhor plataforma de e-commerce?

Para começarmos, é importante entender que dentre todas as opções disponíveis no mercado, você tem que analisar aquela que mais se enquadra como seu negócio.

 

Vamos falar sobre os pontos que, como consultor, levo em consideração na hora de escolher a plataforma.

Primeiro ponto, é claro, o planejamento.

 

É através desse passo crucial que vamos ter uma ideia do seu negócio. O quanto você tem de dinheiro;

O quanto espera de retorno;

Segmento de atuação, concorrentes e assim por diante.

 

Leia mais sobre qual a melhor plataforma de e-commerce.

 

O jeito errado de escolher

 

No 150x300

 

Como escolher a melhor plataforma de e-commerce?

Primeiro ponto, não escolha determinada plataforma só porque seu concorrente a usa.

Quem garante que o concorrente validou todos os pontos necessários antes de fazer a escolha da plataforma?

 

Além disso, muitas vezes aquilo é bom para aquele cenário de empresa que o concorrente tem.

E você pode não ter o mesmo cenário ainda.

 

Outro ponto importante é validar as condições comerciais de pagamento desse sistema.

– Taxa de setup de inscrição da ferramenta;

– Manutenção;

– Se ela requer muito desenvolvimento, time técnico;

– Se é necessário uma agência para poder mexer na plataforma;

– Se tem suporte nível 1, 2 ou 3;

– Histórico de chamado;

– Tempo de resposta;

– Olhe o Reclame Aqui;

– Pergunte para empresas que já são clientes dessa plataforma;

 

Pergunte para empresas que já utilizam o serviço a mais tempo, médios e novos.

Isso porque você precisa entender como é o atendimento e sua perspectiva do futuro para o seu negócio.

 

As empresas, infelizmente, costumam atender melhor os clientes novos e clientes antigos que pagam um valor maior.

Ter essa perspectiva de como é o atendimento para tamanhos e níveis diferentes de negócio, oferece um novo parâmetro para analisar a plataforma.

 

Recursos

Ponto importante na hora de considerar a escolha da plataforma é a listagem de recursos.

 

De quanto em quanto tempo ela atualiza?

Como são essas atualizações?

Os recursos fazem sentido para o seu segmento?

 

De pouco adianta você pegar uma loja que tem multivitrine, área de B2C e B2B se seu e-commerce é de venda de canecas para varejo final.

 

É uma loja simples, não há necessidades de investir um dinheiro desnecessário.

 

Opte por plataformas mais simples e introdutórias que, além de funcional, diminui os investimentos iniciais.

 

A empresa

Desde 2018, estamos observando diversas compras e fusões de empresas no mercado do e-commerce.

O mercado está muito disperso e é natural que empresas maiores façam compras de menores ou que empresas de médio porte se juntem para amparar o mercado.

 

Por conta disso, é importante saber quem são as pessoas por trás dessas empresas.

Quem são os desenvolvedores e os responsáveis.

 

Pode parecer desnecessário para quem está começando.

Mas, conforme você vai entrando no mercado, participando de eventos e conhecendo profissionais, é bom saber quem são seus parceiros.

 

Ainda em relação à empresa, veja se você pode acompanhar o ambiente de pré-produção.

 

Eu não quero ver a loja pronta porque não sei o tamanho da customização que foi feita.

Quero ver a loja pelada, recursos nativos e como é configurada inicialmente.

 

Até porque é nesse momento que você vai descobrir como que é a base daquele negócio e acompanhar o processo do zero.

 

Processo de compra

É preciso checar junto, também o processo de compra que é o maior decisor de conversão do negócio.

O processo de compra é o fluxo do carrinho, checkout, pós carrinho (informações de cadastro) e forma de pagamento.

 

E, também, como que é a parte de comunicação pós-pedido.

 

Integrações

É interessante validar quais são os sistemas de EPR que vão estar integrados na plataforma;

– Sistema de CRM

– Sistema de vendas

– Sistema de e-mail marketing

– Marketplace

– Meios de pagamento

– Meios de entrega

 

Vamos ter aproximadamente 25 fornecedores coligados dentro dessa solução.

 

Ou seja

Para saber como escolher a melhor plataforma de e-commerce são muitos pontos a serem validados.

 

É importante conhecer a empresa, os responsáveis por ela e os métodos de trabalho dessa plataforma.

Por isso da importância do planejamento.

 

Todas as questões de tamanho de loja, sistemas de integração, investimento e afins serão decididas na etapa do planejamento.

A escolha da plataforma é feita depois de estabelecidos todo o processo do planejamento.

 

A melhor plataforma para e-commerce não são necessariamente empresas que só tem clientes grandes.

Você, uma empresa pequena, pode ser que não tenha a atenção necessária.

O contrário também é válido.

 

Uma plataforma que atende apenas empresas de pequeno porte, pode ser que não suporte o seu crescimento planejado.

Temos que olhar para o projeto de acordo com a sua necessidade.

 

É preciso ser perfeccionista aos mínimos detalhes, até porque a ideia não é trocar de plataforma todos os anos.

A mudança de plataforma é um acontecimento um tanto quanto traumático para as lojas e seus gestores.

 

Mesmo colocando as melhores práticas de SEO, redirect e planejamento para jogo, seu e-commerce vai ter uma leve queda na conversão e faturamento.

 

Conclusão

A melhor plataforma para e-commerce não é aquela que tem nome, não é a empresa gigante ou a mesma do concorrente.

 

A melhor plataforma para e-commerce é aquela que atende as suas necessidades como loja.

E deixa potencial para crescimento.

 

A plataforma não é agência, não é desenvolvedora.

É um sistema de vendas e ele tem que funcionar como tal.

 

Cuidado com muitas promessas, pois lá na frente, pode afetar o desempenho do seu negócio.

 

Valide todos os pontos que comentamos neste artigo.

Se ainda restarem dúvidas, mande-nos um e-mail, deixe um comentário nos vídeos ou nas redes sociais do Thiago Sarraf.

Deixe um Comentário

Entre em contato