COMO FAZER A ÁRVORE DE CATEGORIAS NO SEU E-COMMERCE

COMO FAZER A ÁRVORE DE CATEGORIAS NO SEU E-COMMERCE

Neste vídeo Thiago Sarraf fala como montar, como fazer uma árvore de categorias para o seu e-commerce.

 

Antes, vamos falar da definição de Categorização.

 

Pelo dicionário:

substantivo feminino

  1. ato ou efeito de classificar por ou em categorias.
  2. LINGÜÍSTICA – organização da experiência humana em conceitos, tendo rótulos linguísticos a eles associados.

 

E na Wikipédia:

A categorização é o processo pelo qual ideias e objetos são reconhecidos, diferenciados e classificados, ela consiste em organizar os objetos de um dado universo em grupos ou categorias, com um propósito específico. É um mecanismo fundamental para a razão, a comunicação, a cognição e a significação humana, estabelecendo bases para muitos dos mais importantes processos mentais, tais como a percepção, a representação, a linguagem, e a aprendizagem.

 

A árvore de categorias é a hierarquia, a organização, a departamentalização do seu e-commerce, da sua loja, onde o usuário vai navegar e ter a organização dos produtos que ele quer ali encontrar, desde que ele não utilize o campo de busca.

 

Vamos usar o exemplo de um supermercado como é bastante abordado por Thiago em suas aulas de e-commerce. Se você entra em um supermercado, você sabe exatamente onde fica cada departamento, como eletrônicos, produtos de limpeza, bebidas, açougue, padaria, gelados no meio do local e a parte de bebidas alcoólicas lá no final do corredor a esquerda, e todo mundo sabe onde fica. Como as fraldas e acessórios de bebês.

 

Dentro do supermercado existe uma hierarquia, uma organização dos produtos que você irá encontrar, seguindo um fluxo de alto giro e baixo giro, assim você anda pelo local inteiro e vai sendo impactado por ofertas neste percurso e elevando seu consumo.

 

No e-commerce temos os departamentos, que ficam no menu da loja, logo abaixo da logo marca e busca geralmente. Nesta imagem abaixo, você pode observar onde está o menu.

Captura De Tela 2019 02 19 Às 10.53.00  1

 

A ordem que iremos trabalhar, é sempre da mais acessada, mais vendida para a menos acessada. Sendo a última, sempre ofertas e promoções, pois a última posição sempre chama a atenção. Se inspirando no mundo físico, como o exemplo do supermercado.

 

Como organizar a árvore de categorias do seu e-commerce?

 

E como iremos organizar e nivelar isso. Lá no planejamento da sua loja, você já determinou os produtos que irá trabalhar, vamos olhar para este mix de produtos e tentar agrupá-los o máximo possível em uma organização. Só existe quando você tem uma categoria que exibem “n” produtos, e não só um, senão fica uma categoria vazia, uma página de pouso fraca para uma  mídia externa da sua loja. Isso é ruim como experiência de usuário.

 

Temos que trabalhar nomes comerciais, nomes mais pesquisados, termos mais genéricos, com mais volume de pesquisa.

 

DICA: Validar conteúdos sobre pesquisa de palavras pelo google clicando aqui (http://www.doutorecommerce.com.br/sem-categoria/confira-5-dicas-de-marketing-digital-para-impulsionar-vendas-online/).

Captura De Tela 2019 02 19 Às 10.52.53 1  1599w

 

Aqui vamos usar o exemplo da Mobly, um e-commerce muito bem estruturado, olhando especificamente Sofás. Dentro da loja a categoria está relacionada em 2 departamentos.

 

Vamos antes deixar uma regra aqui para facilitar sua vida. O primeiro nível é chamado de Departamento que agrupa as Categorias (segundo nível), em seguida agrupando as Subcategorias (sendo o terceiro nível).

 

O Google não indexa mais de 3 níveis de agrupamento, e a próxima opção seria seleção de filtros para exclusão dos demais itens do resultado da página, te levando para uma escolha final de oferta. Não fazendo sentido criar a quarta navegação, pois seria mais um etapa para cair em uma escolha.

 

O Sofá no caso da Mobly, está em 2 categorias, 2 grandes departamentos, Ambiente / Sala de Estar / Sofá, ou Categoria / Móveis / Sofá, desta forma ele prevê um duplo sistema de navegação para cair no produto.

 

E se sua loja é bem nichada e possui só uma categoria de produto de e-commerce?

 

Se a loja em questão fosse só de Sofá, eu pegaria Sofá como meu site em sí. O primeiro nível seria qual tipo de sofá, 2 lugares, 3 lugares, e assim por diante. Debaixo do Departamento 2 lugares, poderia adicionar as categorias fixo, retrátil, cores, tendências e muito mais. Já na Mobly, essas informações são filtros, pois ela possui muitos departamentos, tendo uma outra lógica de organização.

 

Quando selecionamos um sofá de 2 lugares, a cor preta ou cor escura e que ele seja retrátil, ele vai dar essa seleção, que é o início dessa imagem que está aparecendo no exemplo abaixo.

Captura De Tela 2019 02 19 Às 10.52.53 1  1599w

 

Esse desenho, é um desenho de departamentos, serve para facilitar a navegação do usuário, tendo páginas de pouso correspondentes aos termos de busca no Google por exemplo. Imaginem se o usuário chegasse no Google e pesquisasse da seguinte forma: eu quero um sofá de 2 lugares escuro retrátil e de tecido, ele cairia nesta página e no “pé” da imagem ele verá o resultado correspondente.

 

 

A ideia é que sempre monte páginas efetivas e sempre relacionadas aos itens pesquisados. Sempre falamos disso em textos e vídeos que falamos de SEO.

 

Montar boas páginas ajuda na navegação e no fluxo de conversão da sua loja. A departamentalização ajuda na correspondência da busca do usuário, onde ela será apresentada quando este mesmo buscar conteúdo fora do seu site.

 

Como essa categorização de e-commerce começa a fazer sentido?

 

Isso tudo começa a fazer sentido, pois essa amarração de fatores, fazem parte das questões técnicas e correspondentes da estruturação do SEO, que são acionadas pelos termos chaves buscados nos mecanismos de busca.

 

O exemplo que usamos, a Mobly, atende muito bem essas técnicas e hoje é um dos principais sites de móveis no Brasil, sendo uma das primeiras posições da busca orgânica em inúmeros termos de pesquisa, e por mérito puro. Ela realmente usa destas técnicas citadas para ter este sucesso!

 

Agora uma nova pergunta, na imagem acima da Mobly, qual produto que ela vende mais em sofás? Muito fácil de descobrir, a primeira categoria com certeza é uma das mais vendidas, neste caso, 2 lugares. E se pensar, qual a imagem que está no banner, um sofá de 2 lugares!!

Captura De Tela 2019 02 19 Às 10.52.53 1  1599w

 

Então aqui fechamos o processo de pensar na montagem das categorias que utilizamos na consultoria.

O nome chave de cada categoria nós validamos no Google Trends e com isso a garantia de maior correspondência das buscas, aumentando o número de visitas.

 

Google Trends – https://trends.google.com/trends

 

Se ficou alguma dúvida, deixe um comentário que iremos responder!

 

Confira mais vídeos do nosso canal em Youtube.com/ThiagoSarraf, vídeo novo toda semana.

 

Mais conteúdos sobre seo: http://www.doutorecommerce.com.br/?s=categorias

 

Deixe um Comentário

Entre em contato