Como produzir conteúdo em diferentes plataformas digitais

Neste artigo vamos falar sobre como produzir conteúdo em diferentes plataformas digitais.

A produção de conteúdo é uma das etapas mais importantes de qualquer estratégia de marketing digital.

 

Atualmente, podemos perceber os benefícios de conteúdos bem escritos para aumentar o alcance da marca, dar mais autoridade à empresa e fidelizar os seus clientes.

Isso mostra como é importante ter uma equipe preparada para escrever conteúdos para diversas plataformas.

Como uma maneira de garantir que a empresa esteja presente nas principais delas.

 

Esse processo não é tão difícil como parece.

Entretanto, é essencial ter atenção aos detalhes, estar disposto a realizar pesquisas para embasar o seu conteúdo e, principalmente, ter resultados com um baixo custo.

 

Pronto para conhecer mais sobre produzir conteúdos em diferentes plataformas, para gerar mais vendas?

 

Como produzir conteúdo em diferentes plataformas digitais?

Como Escrever Em Diferentes Plataformas1 768x801  768w

 

Para produzir um bom conteúdo não é necessário apenas ser excelente em gramática e entender como funciona a língua portuguesa.

 

Pelo contrário, os conteúdos que tem como objetivo agregar informação e conhecimento ao seu público, devem ter como principal propósito responder às dúvidas e problemas reais das pessoas.

 

Além disso, é muito importante lembrar que o conteúdo não precisa ser, necessariamente, em forma de texto.

Atualmente, as plataformas digitais suportam diferentes formatos, o que pode ser interessante explorar.

 

Organização das suas ideias

Antes de começar a produzir qualquer conteúdo para a sua empresa, é essencial organizar as ideias, para que o processo seja mais simples e não fique confuso.

 

Para isso, é importante levantar os possíveis temas, fazer uma espécie de brainstorm com toda a equipe, para garantir que os pontos levantados sejam eficientes para o seu objetivo principal.

 

Atualmente, existem aplicativos e ferramentas que podem te auxiliar nesse processo.

Em alguns deles, é possível criar um mapeamento mental, em que você consegue desenvolver as suas ideias visualmente.

 

Outras ferramentas permitem que você crie projetos, definindo cada etapa dele e colocando como concluído ao finalizar.

Além disso, é possível agendar compromissos e criar uma agenda para visualizar melhor quanto tempo você tem para cada etapa.

 

Pesquisa e planejamento

Agora que você já tem definido o seu tema ou a pauta, é o momento de começar a fazer todo o levantamento do que você precisa para que essa ideia saia do papel.

 

Para isso, primeiramente é essencial que você defina o formato em que deseja produzir o conteúdo.

Os principais deles são:

  • texto
  • imagem
  • áudio
  • vídeo

 

Tendo isso definido, é importante realizar uma pesquisa bem embasada para a produção.

Isso significa entrar em conteúdos já produzidos, ver sobre o que eles falam e então encontrar melhores maneiras e até mesmo inovadoras.

 

Vale a pena também investir em uma conversa com um especialista no assunto, para garantir que o conteúdo esteja atualizado e, principalmente, que não propague falsas notícias e seja baseada no “achismo”.

 

Afinal, o grande objetivo é que a sua empresa tenha bons conteúdos produzidos e que agreguem valor à marca, sendo verdadeiro aos valores que a empresa acredita.

É essencial criar um calendário editorial, para visualizar melhor as suas publicações e quando elas devem ser feitas.

 

Da mesma forma, é interessante investir no ciclo pdca, para maior organização das suas estratégias.

Ela se baseia em quatro conceitos simples: planejar, desenvolver, checar e agir.

 

Invista nas técnicas SEO

 

Você sabe o que significa a sigla SEO? Se refere ao Search Engine Optimization, ou seja, é uma otimização dos mecanismos de buscas.

 

Isso tudo pode parecer complicado, mas as suas técnicas são mais simples do que parecem.

 

Entretanto, é muito importante ter algumas pautas estabelecidas antes de começar a produzir o conteúdo, para que tudo seja encaminhado da melhor maneira possível.

Entenda um pouco mais sobre como isso funciona:

  • definição da persona: essa é uma personagem fictícia criada como o consumidor ideal dos produtos e serviços que a sua empresa vende. São definidos características importantes, como nome, idade, profissão, valor aquisitivo, entre outros

 

  • estudo de palavras-chave: é essencial entender quais são os principais termos que a sua persona vai pesquisar, para utilizá-los em seus conteúdos, permitindo ser encontrado. Atualmente, existem diversas ferramentas que auxiliam esse estudo, mas até mesmo o Google pode ser eficiente, por conta do preenchimento automático das pesquisas, sugerindo quais são os termos mais buscados

 

  • URL amigável: isso significa que, no momento que o usuário visualizar a URL, ele vai entender exatamente os principais conteúdos que estarão na página. Da mesma forma, é importante que a palavra-chave esteja inserida nessa URL

 

  • título: como sabemos das redações que realizamos na escola, o título deve ser interessante, pois é o primeiro contato do indivíduo com o conteúdo. Além disso, é essencial que as promessas feitas no título sejam respondidas durante o conteúdo. Ou seja, se o título for “Como ganhar uma renda extra?”, durante o texto ou vídeo é essencial que isso seja respondido.

 

Essas são as principais estratégias de SEO que você deve inserir em seu conteúdo para que seja bem posicionado nos principais mecanismos de busca.

Fazendo ser mais visível para o público, ganhando um maior destaque e, consequentemente, mais visualizações.

 

Como criar conteúdos para cada plataforma

Como Produzir Conteúdo Em Diferentes Plataformas Digitais2 768x566  768w

 

Assim como é importante estabelecer as metas, objetivos, temas e pautas, é essencial que a plataforma seja determinada antes mesmo de começar a sua produção.

 

Isso porque cada plataforma pede uma linguagem e abordagem diferente, assim como formatos diversos. 

 

Por exemplo, se você for produzir um conteúdo sobre “Plataforma marketplace B2B”, para agregar mais conhecimento a esse público, você deve pensar em qual formato a sua persona tem mais facilidade de atingir esse conteúdo.

 

Escrever um conteúdo para um blog post é muito diferente do que produzir um vídeo educacional.

Os formatos são diferentes, assim como as ferramentas necessárias para cada um.

 

Blogs

Para os conteúdos produzidos para blogs, é muito importante que sigam as técnicas SEO. 

Ou seja, é essencial que seja criado uma persona, selecione o tema, tenha um estudo das palavras-chave e tenha um título atrativo.

 

Além disso, é essencial que o corpo do texto seja bem escrito.

É importante conter uma pequena introdução, para então ir para o desenvolvimento do conteúdo. Para finalizar, uma conclusão.

 

Da mesma forma, a escaneabilidade deve ser boa. Isso significa ter os textos divididos por subtítulos (também conhecidos como H2), assim como ter parágrafos que não sejam muito longos.

 

Por último, é essencial que o conteúdo tenha uma Call To Action (CTA) ou chamada para ação.

Isso pode variar entre ir para outras páginas, para continuar a saber mais sobre o assunto, ou então compartilhar o conteúdo em outras redes sociais, se inscrever em um curso ou fazer o download de um e-book.

 

Redes sociais

Com a popularidade das redes sociais em alta, é muito importante que as empresas invistam em ter a sua marca nesses locais.

Além de garantir um maior alcance, também é essencial para ter um melhor relacionamento com o seu público.

 

O objetivo principal das redes sociais é fazer com que o seu público interaja com a publicação, se sintam atraídos pela comunicação e, por fim, entrem no seu blog ou site.

 

Assim como para o blog, o conteúdo que pode ser divulgado é o mesmo. Eles são:

  • ebooks
  • imagens
  • infográficos

 

Entretanto, é importante observar que eles devem ter um apelo mais visual, uma vez que as imagens realizam um papel essencial na divulgação de uma empresa.

 

Além disso, é essencial não tentar vender os seus produtos a todo momento nas redes sociais.

Pelo contrário, vale a pena variar entre conteúdos informativos, dicas e também promoções para os produtos e serviços que a empresa oferece.

 

E-mail

Você sabia que as estratégias que utilizam e-mail marketing voltou com tudo no marketing digital?

 

Isso porque as pessoas entenderam a sua importância e, principalmente, começaram a usar essa plataforma de uma maneira mais assertiva.

Os conteúdos devem ser interessantes para o indivíduo.

 

Ou seja, se você é uma empresa ou marca que tenha como objetivo vender produtos de importação, é essencial que os conteúdos produzidos correspondam à expectativa e problemas da sua persona.

 

O primeiro passo é lembrar que, se for um e-mail pessoal, é importante que o indivíduo sinta que a mensagem foi escrita pessoalmente para ele.

Isso significa criar um conteúdo que não seja robótico e cheio de fórmulas prontas.

 

Da mesma forma, a frequência é essencial.

Você não deve encher a caixa de emails do indivíduo, pois pode fazer com que ele se descadastre da sua lista.

 

Entretanto, também é essencial que a frequência seja mantida, por exemplo, uma vez por semana, para garantir que ele não vai esquecer da sua empresa.

 

Principais vantagens

Ao produzir conteúdos específicos para cada plataforma, a sua empresa garante uma maior autoridade no mercado, assim como mais visualizações das pessoas que buscam pelos seus produtos e serviços.

 

Isso é essencial para ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca de maneira orgânica.

Assim como é uma estratégia para atrair os seus possíveis clientes, responder aos seus principais problemas e fazer com que eles convertam.

 

Ou seja, são apenas benefícios para a empresa, não é mesmo?

E então, pronto para começar a produzir conteúdos de qualidade?

 

Conteúdo produzido por Letícia Eleutério | Redatora no Marketing para Indústria

Deixe um Comentário

Entre em contato