Desafio do Frete Grátis no e-commerce

Será que oferecer frete grátis vale mesmo a pena? Neste artigo, falaremos sobre o desafio do frete grátis no e-commerce e como utilizá-lo de maneira correta para melhoria das estratégias de vendas.

Seja na compra de grandes produtos ou em pedidos de comida, o cliente está sempre à procura do “frete grátis”.

E muitas lojas virtuais acabam ficando tão preocupados em oferecer essa condição para o consumidor que acreditam que as vendas não acontecerão se essa opção não for fornecida ou acabam não montando uma estratégia boa para essa condição.

 

Desafio do frete grátis no e-commerce

Antes de tudo, vamos deixar algumas perguntas para você pensar ao decorrer do artigo:

  • Será que é necessário trabalhar com frete grátis?
  • Eu consigo trabalhar com frete grátis?
  • Só vou vender com frete grátis?

 

Neste artigo vamos abordar casos com e-commerces iniciantes e de grande porte, para que seja possível entender quando e em que caso devemos trabalhar o desafio do frete grátis no e-commerce.

 

E-commerces iniciantes

Para e-commerces pequenos que acabaram de começar, trabalhar com frete grátis é praticamente impossível, sem coloca-lo dentro da margem de preço de contribuição.

 

Dentro da precificação, o e-commerce deve sempre deixar uma verba alocada para marketing e, pode também, reservar uma verba para financiar o frete grátis.

 

Ou seja, antes de sair colocando frete grátis, é preciso pensar e calcular se dentro da composição de custo e precificação do seu item, você conseguir cobrir as despesas e bater a meta de margem de lucro, você pode financiar o frete grátis.

 

Fret Gratis Francisca  1340w

 

Caso não consiga, existe a verba de marketing para ser trabalhada.

Ao invés de usar a verba de marketing para comprar uma mídia, google ads, facebooks ads, SEO ou qualquer outro investimento em marketing, você pode investir essa verba na disponibilização de frete grátis.

 

Porém, não será possível a divulgação do produto. Em outras palavras, essa campanha vai ser efetiva para quem entrar diretamente no site, facilitando a conversão.

 

Ou simplesmente não fazer o frete grátis.

Principalmente para e-commerces iniciantes que costumam ter a verba mais limitada, é preciso pensar no lucro e nas estratégias de marketing do seu produto / loja.

 

Não abra a mão do lucro! A empresa não é caridade!

 

Sua empresa precisa vender Qualidade, Quantidade e Rentabilidade.

Outra razão pela qual se torna mais difícil trabalhar com frete grátis quando se é um e-commerce iniciante, é porque sua empresa ainda não tem vantagem competitiva para poder negociar com a sua transportadora.

 

Ao ter um número de pedidos razoável, é possível negociar com a transportadora ou correios e abaixar, significativamente o custo do frete.

 

E-commerces de grande porte

Quando você é um grande lojista, as condições para negociação são outras e há vezes em que a transportadora financia parte das suas entregas para poder ter sua loja como cliente.

 

Não apenas transportadoras, mas fornecedores e clientes também podem entrar com essas ações, e assim, você consegue manipular o frete grátis a seu favor.

Ainda assim, é importante fazer a conta e observar se vai gerar lucro.

 

Qual vantagem do frete grátis?

Esperamos basicamente duas coisas ao oferecer frete grátis:

  1. Conversão
  2. Aumento do ticket médio

Frete Gratis Sephora  1223w

O frete grátis deve ser um chamariz, um “gostinho” a mais que incentive o consumidor a fechar a compra com o seu e-commerce.

 

E também deve funcionar como um incentivo para que haja um aumento na quantidade de itens que serão comprados.

Por isso, vemos em muitos e-commerces “Frete grátis em compras a partir de X reais”.

 

Porém, não significa que se seu ticket médio tem o valor de 150 reais, oferecendo frete grátis em compras a partir de 200 reais, vão aumentar suas vendas ou a média de valor por carrinho.

Pois senão, sua promoção se torna inútil.

 

Em um caso com uma cliente da consultoria, fizemos o seguinte experimento:

Como não gerou um maior número de conversão ou aumento do ticket médio ao oferecer frete grátis com um valor acima da média, resolvemos pegar parte da verba do marketing e injetar em oferecer frete grátis em compras abaixo do ticket médio da loja.

 

Parece que as contas não batem direito, mas ao realizar essa ação, o número de pedidos subiu de 800 para 1200 e, destes, 500 eram originários de frete grátis.

 

As vendas aumentaram significativamente, porque conseguimos encontrar o equilíbrio exato no qual o frete grátis estimulava a conversão.

 

Então, não é uma receita de bolo que é exata. São diversos fatores a serem analisados, relatórios a serem expedidos e testes a serem feitos.

 

Cuidado para não oferecer frete grátis sem nenhum benefício para seu e-commerce.

Se sua loja trabalha com uma média de preço por produto de R$500, não estabeleça frete grátis para compras de acima de R$100.

Estrategicamente falando, é melhor anunciar que o frete grátis é para a loja toda.

 

Conclusão

O grande desafio do frete grátis no e-commerce é saber quando trabalha-lo.

E de forma que venha a dar algum retorno para seu negócio.

 

Não é porque várias lojas oferecem que significa que a sua não vai vender caso não ofereça. Antes, analise o mercado, sua verba e se o custo / lucro vai valer a pena.

 

Lembre-se, como empresa, não se esqueça dos lucros. Sem dinheiro não entra produto para estoque e sem produto, não entra cliente.

 

Saiba mais sobre curso de Como abrir seu e-commerce

 

Busque maneiras de negociar o frete com transportadoras, fornecedores. O não você já tem, basta correr atrás da resposta positiva.

E não se esqueça de mensurar os resultados. Sem fazer isso, você não tem controle se sua ação deu certo ou não.

Deixe um Comentário

Entre em contato