E-commerce x Marketplace: Qual o melhor?

Neste artigo vamos falar sobre E-commerce X Marketplace: qual o melhor?

Como consultor, ouço muito sobre essa briga que é o marketplace versus a loja própria.

Será que vale mais começar a vender no marketplace ou é melhor investir em loja própria?

 

A verdade é que essa guerra não tem sentido, pois quem sai perdendo é você mesmo. Antes de tudo, é preciso pensar em vendas e no que faz sentido para você e para o seu negócio.

Mas, vamos avaliar os pontos positivos do marketplace e do e-commerce e fazer uma comparação.

 

O que é bom no marketplace?

Ecommerce X Mktplace 300x137

 

Quais são as vantagens de vender seu produto em marketplaces:

  • Audiência

Com uma audiência já estabelecida, essa é uma das grandes vantagens dos marketplaces. Assim, não há a preocupação de atrair audiência para o seu site, especialmente no começo.

 

  • Venda praticamente garantida

As chances de seu produto não ser vendido são baixas.

 

  • Alto Volume

Já existe um grande volume de visitantes do marketplace.

 

  • Confiança e credibilidade

Já estabelecido no mercado, não é preciso se preocupar tanto com estabelecer a confiança e a credibilidade dos consumidores para com o seu produto.

 

  • Sem verba de marketing

Não precisa gastar em divulgação da sua loja ou na divulgação do seu produto, o marketplace já tem audiência consolidada.

 

  • Sem taxa de pagamento

Não há a necessidade de negociar as taxas de pagamento também.

Marketplace é um tiro rápido, distribuição de oferta e começo rápido. Os maketplaces são ótimos para operações ágeis e sintetizadas, enxutas.

 

Existem vendedores dentro do marketplace que faturam, sozinhos, mais de 500 mil reais por mês.

É um número legal, principalmente para quem trabalha sozinho, porém, o quanto você está sacrificando para isso?

 

Nas contas que fazemos no planejamento, esse faturamento já justifica até 6 funcionários para o funcionamento da loja.

 

Pontos positivos do e-commerce

 

Já o e-commerce tem a vantagem de conquistar o cliente e fazer a venda diversas outras vezes.

Ou seja, é através do e-commerce que você fideliza seus clientes e cria laços com seus consumidores.

 

Seja através de atendimento, preço, oportunidades, produtos ou redes sociais, com a loja própria é possível criar esse laço com seu consumidor e criar um meio de comunicação direcionado.

 

Nos marketplaces, por exemplo, o consumidor entra procurando algo em específico e faz a compra daquele que tem o melhor preço ou melhores condições.

Quantas lojas você não sabe o endereço de cabeça e entra para ver alguma novidade, ou na necessidade, esse e-commerce é o primeiro que você acessa?

 

E-commerce x Marketplace: Qual o melhor?

Para quem vai começar, costumo dizer que o trabalho vai ser o mesmo, independentemente da escolha. Então, por que já não abrir sua loja própria? marketplace e o e-commerce tem suas vantagens e desvantagens individuais.

 

Porém, não significa que você não possa trabalhar com os dois.

Os marketplaces são ótimos para começar as vendas e fazer com que seus produtos sejam conhecidos pelos consumidores.

 

Já o e-commerce, você fideliza e faz o cliente voltar a comprar direto com você. Pois, mesmo que você trabalhe bem com o marketplace, uma única mudança das regras deles e seu faturamento pode cair pela metade. 

Não há sentido em ser uma guerra, pois o único que perde é o próprio empreendedor.

 

Uma vez que todo o trabalho de pensar no planejamento do e-commerce, equipe, estoque, crescimento e faturamento já terá de ser feito, trabalhe também com um negócio próprio.

Nada te impede de começar as vendas pelo marketplace ou mesmo usar as duas plataformas.

 

Não é questão de qual deles é melhor, é encontrar a maneira que funcione para o seu negócio prosperar. As ferramentas estão dispostas, então cabe ao empreendedor fazer uso delas.
Artigo originalmente publicado no E-commerce Brasil

Deixe um Comentário

Entre em contato