Quando fazer a Migração de plataforma

Vamos falar sobre quando fazer a migração de plataforma?

O mercado de e-commerce está em constante mudança, algumas ótimas, outras nem tanto assim. Pelo menos para os lojistas.

Recentemente, tivemos a notícia que gerou muito murmurinho e discussões em grupos de redes sociais sobre as plataformas Rakuten e Xtech.

 

E para falar sobre o assunto, o especialista Thiago Sarraf, junto ao Diego Santana, realizaram uma live para falar sobre o assunto.

Foram abordadas questões sobre como escolher a próxima plataforma, motivos que levam o lojista a procurar outra alternativa e quando é necessário a mudança.

 

Confira highlights da live pelo IGTV do Thiago Sarraf.

O material apresentado também pode ser adquirido aqui.

 

O que não é culpa da plataforma?

Migraçao De Plataforma2 300x240

 

Existem fatores externos que não são influenciados pela plataforma.

Fatores como o aumento de tráfego e o aumento de conversão, não tem relação nenhuma com a plataforma.

A plataforma de e-commerce é a base da sua loja e qualquer pessoa que queira começar a vender online, é necessário fazer a escolha de uma plataforma.

 

Não importa qual você escolha, esse fornecedor não terá influencia nenhuma no seu tráfego e em suas conversões.

Não é a plataforma que deixa seu site nas primeiras páginas do Google, muito menos ela quem atrai os consumidores.

Nesse caso, pense na plataforma como um quadro em branco, pronto para receber os seus desenhos e ferramentas para exibir sua loja.

 

Isso significa que a baixa taxa de conversão ou o baixo tráfego não podem ser motivadores para você querer mudar de plataforma.

Pois, não importa qual você escolha, os números não irão mudar.

 

Quando fazer a migração de plataforma

A parte dos casos em que a plataforma deixa de existir, o empreendedor deve ficar atento aos seguintes itens na hora de considerar a migração de plataforma:

 

Instabilidade na plataforma

Provavelmente um dos maiores problemas dos lojistas.

A instabilidade nas plataformas, especialmente em datas de maior movimentação, deve ser um fator a ser seriamente analisado.

 

Pois, a plataforma falhar em datas de maiores possibilidades de faturamento é uma perda grande para o lojista.

 

Atendimento às expectativas de crescimento do negócio

Na hora de escolher a plataforma, é importante que ela atenda a todas as necessidades da sua loja.

Também é preciso pensar um pouco mais a frente.

Se o plano é crescer em X tempo e durante esse período adicionar novas implementações, é preciso que a plataforma consiga atender às essas expectativas.

 

Caso a plataforma não consiga acompanhar a taxa de crescimento do seu e-commerce ou o acompanhamento não está sendo realizado como combinado / desejado, não hesite em fazer a migração.

 

Vai dar trabalho sim, mas é preciso que a plataforma acompanhe o crescimento do seu e-commerce e continue a oferecer soluções para às suas necessidades.

Não significa que a migração de plataforma deva ser feita a cada 3 meses.

A escolha da nova plataforma precisa ser feita com cautela!

 

Propagandas persuasivas de outras plataformas

 

Também podemos ser convencidos a mudar de plataforma devido à propagandas persuasivas de concorrentes.

 

Seja por preço, por ferramentas ou atendimento diferenciado, não há problema em ser analisar novas opções que pareçam mais interessantes.

 

Vantagens na migração de plataforma

A migração de plataforma tem sim suas vantagens, se bem feita é claro.

Saiba quais são algumas delas que podem melhorar o seu negócio.

 

Redução de custos operacionais

Procure uma plataforma que caiba dentro do seu orçamento.

Em muitos casos de migração, é possível negociar um preço melhor do que a plataforma que era utilizada anteriormente.

 

Além de poder escolher plataformas com mais recursos que favoreçam o seu e-commerce.

 

Novas oportunidades

Com mais ferramentas, o leque de oportunidades se expande.

A loja pode investir em outras áreas ou em detalhes novos que melhorem o desempenho do e-commerce.

 

Otimização de páginas

Essa é a hora de se livrar de páginas indesejadas ou de arrumar a casa.

Aproveite a oportunidade da migração de plataforma para otimizar as páginas e fazer o serviço que não fora feito antes por conta do trabalho.

 

Melhoria na experiência do usuário

As lojas virtuais são tudo sobre experiência do usuário.

Afinal, se o consumidor não gostar da sua loja, se não for intuitiva a navegação ou ele tiver algum problema, capaz de o consumidor não voltar.

 

Aproveite a reestruturação do seu e-commerce para fazer melhorias na experiência do usuário, seja navegação, check out ou responsivo.

 

Mais métricas

Aproveite para implementar novas ferramentas para obter mais métricas do seu e-commerce.

A migração de plataforma exige bastante trabalho, mas é perfeita para quem estava com a casa bagunçada e para inserir mais opções nela.

 

Migrando sem perder conversão

 

O problema de muitas migrações de plataforma são as perdas de conversão.

Loja fora do ar e páginas mal redirecionadas são o suficiente para fazer o consumidor desistir da compra.

Logo no começo da operação, a perda de conversão é inevitável. O grande trabalho é minimizá-la.

 

E para isso é necessário que os redirecionamentos sejam feitos corretamente; é evitar que a loja fique fora do ar; refazer todo o trabalho de SEO e Google.

 

Não tem nenhum segredo.

As conversões podem até sofrer um pouco no começo, mas caso você tenha validado todo o processo e feito a migração de plataforma da melhor forma, pode ter certeza que elas irão aumentar.

 

Conclusão

A migração de plataforma não é um processo fácil e que deva ser repetido com muito frequência.

Ela é trabalhosa, pode dar errado em muitos aspectos e precisa de cautela.

Mas, se for realizar esse trabalho, é importante que valide qual plataforma irá migrar para.

 

Lembre-se que a plataforma ideal para o seu e-commerce nem sempre é a mesma que o concorrente usa.

Entenda os processos, os atendimentos, as ferramentas dessa plataforma. Fale com clientes dela, se possível.

Independente do motivo principal da migração de plataforma, mudar e continuar com os mesmos ou piores problemas não é uma solução eficiente.

 

Falo mais sobre detalhes de como escolher a plataforma neste artigo e também na live que rolou com o Diego Santana.

 

 

Deixe um Comentário

Entre em contato