Skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce

Neste artigo vamos falar sobre skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce.

Empreender não é fácil, ainda mais no Brasil. Por isso nos encantamos com cases de empreendedores de sucesso. E no e-commerce não é diferente.

 

Seja para começar o negócio do zero a partir do online ou se você já tem uma loja física, algumas habilidades são imprescindíveis para quem deseja tocar o negócio.

Engana-se quem pensa que abrir um e-commerce custa menos dinheiro e esforço do que uma loja física.

Os investimentos necessários para abrir uma loja online são equivalentes a um ponto físico.

Afinal, você ainda precisa fazer estoque, resolver problemas logísticos, implantar um sistema de operações, pagar equipe e divulgar sua marca / loja.

E empreender não é para qualquer um.

 

Skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce

Must Have Skills2 300x163

 

Pode soar até bobagem para alguns, mas se você pensa em abrir um e-commerce ou mesmo se tornar especialista na área, é bom investir em algumas skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce.

Sim, mesmo se você for o cara quem vai abrir o negócio. “Ah, mas pretendo contratar um gerente”.

Isso é ótimo, porém, entender um pouco não faz mal a ninguém. Além de ter o controle do próprio negócio, você, empreendedor, não cria dependência para tomar decisões.

Além disso, é preciso tomar cuidado sempre com os pilantras que aparecem no mercado querendo tirar proveito de muitos clientes.

Mesmo que você não possua naturalmente algumas skills ou habilidades, é importante que se eduque sobre elas e possa gerenciar o seu negócio.

Agora, vamos falar de skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce.

 

Pensamento crítico

Existem muitas partes móveis dentro de um e-commerce.

Você precisa saber controlar vendas e liquidações, controlar estoque, resolver problemas logísticos e ainda oferecer a melhor experiência.

E tudo ao mesmo tempo. Assim, você precisa mandar o olho nos lucros.

 

Ser capaz de ter um pensamento crítico é essencial para comandar sua loja virtual.

Às vezes é necessário sangue frio para dar um passo para trás e observar a situação de uma forma generalizada e decidir qual a melhor escolha para o seu negócio.

 

Resolva problemas

Não apenas para o e-commerce, mas para qualquer negócio, é preciso que você saiba resolver problemas rápido e de forma eficiente.

Com o mínimo de impacto nas suas operações cotidianas, é necessário resolver problemas sob pressão, usando a criatividade para encontrar meios que façam a máquina rodas.

 

Inteligência Emocional

A capacidade de gerenciar suas próprias emoções e controlar as relações de modo efetivo é vital.

Um grande aspecto da inteligência emocional é simplesmente ser capaz de entender que as pessoas com quem você interage, no online e off-line, são seres humanos com sentimentos.

 

Inteligência emocional permite a empatia, ouvir aos outros e pensar em suas responsabilidades.

Além disso, é importantíssimo para saber lidar com a sua vida social e os negócios.

Trabalhar mais de 12 horas por dia, sem feriados ou descansos, não significa que vai ser melhor.

 

A inteligência emocional nos auxilia a manter o controle em situações de estresse, saber quando é a hora de relaxar e quando é o momento de trabalhar duro.

Esse é um aspecto que costuma mexer bastante com empresários e líderes de alto cargo. Acredite que já mexeu comigo também.

Por isso recomendo buscar ajuda na parte de desenvolvimento da inteligência emocional. Seja através de terapia ou treinamentos.

Conheço muita gente infartada com menos de 40 anos, e você não quer ser um deles, correto?

 

Comunicação

Consultoria De E Commerce2 768x619.jpeg 768w

 

A comunicação assume diversas formas no mundo online.

Como o dono de um e-commerce, você tem que interagir com as pessoas via email ou redes sociais.

 

Não tenha medo de atender ao telefone e falar sobre a empresa.

Não tenha medo de seus clientes e responda sempre respeitosamente.

Se você não é bom em fazer isso, contrate alguém que faça.

 

A comunicação também inclui fortes habilidades de negociação, o que permite que você seja assertivo e chegue em acordos de benefícios mutos.

 

Paixão

Em primeiro lugar, por que você decidiu abrir o negócio? Quais problemas você quer resolver?

 

Se não tem a resposta para nenhuma dessas perguntas, aconselho você a nem se aventurar por esse mercado.

Aqui é o momento em que decide se vai estar disposto a se manter apaixonado pelo seu negócio mesmo depois de anos.

 

Não é que você precisa ser feliz todos os dias no serviço, mas é preciso paixão pelo seu negócio para resolver os problemas que aparecerão.

Afinal, existem mais de 1, 2 ou 10 momentos durante sua jornada no e-commerce que exigirão resiliência.

Sejam ofertas que não deram certo, ferramentas que não estão funcionando adequadamente ou algum problema financeiro.

Ser capaz de manter-se determinado apesar das pedras no caminho vai te levar ao caminho do sucesso.

 

Claro que ganhar dinheiro pode ser um bom motivo para você querer abrir o seu negócio, mas e depois?

Será que vai aguentar todos os problemas só pelo simples “ganhar dinheiro”?

 

Estude, mas estude muito!

Planejamento

 

O mercado digital está em fluxo constante. Novas práticas, novos algoritmos e novas tecnologias estão sempre surgindo e mudando as regras do jogo.

Sempre que alguém vem me procurar pensando em abrir um e-commerce, a primeira dica e a mais importante que eu dou é: estude.

Um empreendedor, principalmente de lojas virtuais, não pode deixar de estudar e achar que já sabe de tudo sobre o mercado.

 

Eu sempre estou sempre estudando, sempre há algo novo para apreender e se aperfeiçoar.

Muitos grandes profissionais ainda estudam, e por que você não deveria?

A educação contínua é ligada ao sucesso, por isso que muitos empreendedores e empresários de sucesso acreditam que investir em desenvolvimento de executivos é mais importante do que contratar um novo talento.

Para sustentar um projeto de e-commerce de sucesso, você deve estudar.

 

Conclusão

Não se trata de absurdos, muito menos de dons obtidos no nascimento.

Mas sim, de vontade e aprendizado.

Talvez, na verdade, essa seja a maior das skills que não podem faltar para um gerente de e-commerce.

Estude, entenda a si mesmo, aprenda sobre o mercado e tome as decisões que julgar corretas. Dessa forma, com certeza será um grande gerente.

 

Texto originalmente publicado pelo E-commerce Brasil.

 

Deixe um Comentário

Entre em contato