Doutor E-commerce –

O crescimento do e-commerce fez com que muitos empreendedores tenham decidido tentar a própria sorte no mercado virtual, alguns vieram do varejo, ou seja, já tinham uma estrutura física e quiseram migrar para o digital também, e outros optaram por criar novos produtos e também colocá-los em uma lojas virtuais.

 

E com a pandemia, tivemos um aumento extraordinário de novas aberturas de lojas virtuais, fazendo com que aumentassem a disputa online entre empresas. 

Para isso, a figura de um consultor de e-commerce pode ser muito valiosa.

Mas, afinal, o que faz esse profissional? Quais são suas funções e objetivos? Vale a pena seguir essa carreira? Acompanhe e descubra!

 

O que faz um consultor de e-commerce?

O consultor de e-commerce é o profissional responsável por prestar um serviço de orientação a lojas virtuais, com o objetivo de identificar problemas, encontrar soluções e implementar melhorias.

 

Seu papel é profissionalizar toda a operação, com o objetivo final de orientar os empreendedores para que possam caminhar com suas próprias pernas, e encurtar caminhos de possíveis erros.

 

Como atua um consultor de e-commerce?

O primeiro passo da atuação de um consultor de e-commerce é identificar e avaliar a situação da empresa.

O profissional vai analisar as principais métricas do negócio e identificar possíveis gargalos, bem como seus pontos fortes e aqueles que podem ser melhorados.

 

Com base nisso, o consultor definirá, juntamente com os gestores da empresa, as metas e objetivos a serem alcançados e, a partir daí, traçar estratégias que possam impulsionar os resultados.

 

O profissional vai auxiliar em tarefas como:

  • Avaliação e adequação do atendimento;
  • Elaboração de proposta de estratégias de marketing digital;
  • Identificação de falhas na plataforma;
  • Monitoramento do cadastro de produtos no site;
  • Otimização de logística e meios de pagamento;
  • Pesquisa de mercado.

Habilidades necessárias ao consultor de e-commerce

Para que esteja apto a realizar todas as suas tarefas, o consultor de e-commerce deve ser alguém que tenha experiência na área, que esteja sempre atualizado sobre as novidades e tendências do mercado e que trabalhe junto ao empreendedor para familiarizar-se com todos os detalhes e particularidades da empresa.

 

Algumas das habilidades necessárias em um profissional da área são:

  • Capacitação para direcionar investimentos e estratégias de marketing para obter mais retorno em menos tempo;
  • Capacitação para lançamento de loja virtual;
  • Conhecimento de mercado para encarar a concorrência;
  • Experiência para evitar erros.

Quando um consultor de e-commerce pode ser contratado

 

 

O consultor de e-commerce pode atuar em diferentes estágios de uma empresa, da sua formação a objetivos mais complexos:

  • Aumento de lucratividade: o lucro é o ponto mais sensível para a maior parte das empresas e principal objetivo de todo o consultor de e-commerce. Seja para um serviço pontual ou a longo prazo, o profissional deve saber se impor e fazer com que suas sugestões, que foram tomadas com base na sua experiência e análise, sejam acatadas pela empresa;
  • Melhoria de performance: muitas empresas já consolidadas se veem frente a dificuldades de crescimento e outros imprevistos. Nesse cenário, o consultor atua para auxiliar na tomada de decisões, de modo a dar um norte para que a empresa se sobressaia no mercado;
  • Montagem de loja virtual: por se tratar de um profissional com amplo conhecimento do mercado, o consultor de e-commerce está capacitado para auxiliar empresas que desejam se lançar na internet de forma mais capacitada;
  • Suporte para gestores: nem todo o trabalho realizado por consultores é a longo prazo. Muitos empreendedores podem contratar profissionais para solucionar uma questão pontual em que não tenham conhecimento ou domínio.

Mas, afinal, vale a pena seguir essa carreira?

Em 2021, o comércio online chegou a 1,59 milhão de sites, número que representa 6% do varejo brasileiro, de acordo com dados levantados por pesquisa do PayPal e da BigDataCorp.

 

Se for comparar a quantidade de e-commerce que temos no Brasil em relação a quantidade de consultores, já temos alguma resposta. 

Há uma grande oportunidade nesse ramo, inclusive, existe um treinamento meu chamado Mentor de performance, onde eu ajudo a criar novos consultores para esse segmento. 

Deixe um Comentário

Abrir whastapp
Precisa de Ajuda?
Olá posso te ajudar?