5 dicas para melhorar a entrega de produtos em seu e-commerce

Entre as principais reclamações de consumidores em relação aos e-commerces está o atraso na entrega. De acordo com o relatório de 2016 TIC Domicílios, do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) – organização que implementa as decisões e os projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI), demora na entrega e preocupação com danos durante a transportação do produto são alguns motivos apontados por quem decidiu não fazer comprar por meio de um e-commerce.

Com o aumento da concorrência e a qualidade que cada vez mais lojas online buscam oferecer para seus clientes, seu e-commerce não pode ficar para trás, principalmente na hora de entregar os produtos com eficiência e corresponder a todas expectativas. Cumprindo os prazos prometidos e entregando as compras com segurança e qualidade, você irá conseguir fidelizar os compradores bem como aumentar seu lucro. Para que isso seja possível, você precisa de um planejamento de logística em sua loja online.

Confira algumas dicas, que nós, da Dr. e-commerce, separamos para você melhorar a entrega de produtos da sua loja online.

Calcule sua estimativa de vendas

Para começar, controle seu estoque de maneira rígida. Ele deve estar sempre sincronizado com a loja virtual, para facilitar o processo de separação e envio, além de prevenir que o cliente faça o pedido de um produto que não está disponível. Dessa forma, você consegue avaliá-lo e prever a demanda das vendas do seu e-commerce. Embora esta pareça uma tarefa complicada, é possível fazer uma previsão de vendas médias dos itens que você possui em estoque e, assim, evitar que a demanda seja maior que a oferta, o que pode resultar em atraso na entrega.

Mantenha um bom relacionamento com fornecedores

Para melhorar a entrega de produtos em seu e-commerce, mantenha uma boa relação com os fornecedores com quem trabalha. Verifique se eles têm cumprido prazos, a flexibilidade e outros fatores que podem atrapalhar sua entrega. Procure, ainda, firmar uma parceria onde os três lados ganham: fornecedores, clientes e sua empresa. Com negociações bem-feitas, você conseguirá bons preços para o consumidor e, dessa forma, poderá aumentar a fidelização e a preferência por sua loja virtual.

Invista em embalagens resistentes

Como o relatório que mencionamos no início desse post aponta, um dos receios de consumidores que optam por não fazer compras online está relacionado ao recebimento da mercadoria, de que ela não seja como esperado ou que chegue danificada. Por isso, escolha embalagens que atendam às necessidades de proteção de cada produto. Sua encomenda pode passar por diversas situações que podem acabar danificando-a, por isso, preencha os espaços vazios com isopor ou jornal e escolha materiais que irão proteger os produtos mais frágeis de avarias.

Considere meios alternativos de transporte

As transportadoras não possuem restrição de pesagem, ao contrário dos Correios, que são mais utilizados. Assim, elas são uma boa opção para quem vende produtos com mais de 30kg ou que ultrapassam os limites de tamanho estabelecidos pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Outra opção utilizada por grandes varejos é o Cross Docking, onde a mercadoria é enviada ao cliente diretamente do centro de distribuição do fornecedor. Assim, você não precisa de um armazém próprio e consegue diminuir os custos.

Seja transparente com o cliente

Mantenha o cliente sempre informado e ouça suas dúvidas e inseguranças. Nenhum e-commerce está livre de atrasos, afinal imprevistos acontecem. Informe-o sobre o motivo do transtorno e mostre que está disponível para resolver o problema da melhor maneira possível. Se o cliente se sentir bem atendido, pode voltar a comprar na loja, mesmo depois do que aconteceu.

Acompanhe o Blog Dr.e-commerce e saiba mais sobre como melhorar as estratégias de sua loja online!

Deixe um Comentário

Abrir whastapp
Precisa de Ajuda?
Olá posso te ajudar?