Fórum e-commerce brasil: evolução do mercado de e-commerce

Entre os dias 16 e 18 aconteceu, no Espaço Transamérica Expo, em São Paulo, a 10ª edição do Fórum E-commerce Brasil. Depois de 10 edições, o que será que mudou neste evento de escalas nacionais? Vamos falar sobre a evolução do mercado de e-commerce.

 

O Fórum E-commerce Brasil é, com certeza, um dos maiores eventos da área de e-commerce no Brasil. Se você pensa em pegar conteúdo e conversar com empresas que podem resolver os problemas da sua loja, lá o lugar.

A equipe da Doutor E-commerce foi convidada a participar do evento e conseguimos alguns conteúdos de qualidade para trazer para os artigos.

 

Comparando as primeiras edições com a presente, é possível observarmos a evolução do mercado de e-commerce no brasil.

Contanto a participação de palestrantes internacionais e nacionais, o Fórum E-commerce Brasil 2019 teve mais de 4 palcos simultâneos, além dos conteúdos oferecidos pelos stands como Google, Magazine Luiza e outros.

 

10 anos de Fórum

Forum1 768x522  768w

 

Nos dias 17 e 18, reservados às palestras e aos stands, tivemos um pouco da noção em questões de proporção que o evento tomou nos últimos anos.

Já sendo realizado em um espaço grande, o Transamerica, nenhuma das salas ficou vazia e pessoas circulavam entre cada stand de diversas marcas.

 

O especialista em e-commerce e consultor, Thiago Sarraf, esteve presente desde o primeiro ano do evento e conta quais foram as grandes mudanças no evento e, também, em relação ao mercado digital.

 

“O legal de poder presenciar esses eventos é ver como o mercado cresceu. Agora podemos ter eventos em proporções como esse e, olhando os crachás de credenciamento dos anos anteriores, é incrível ver a quantidade de novos patrocinadores e empresas que surgiram”

 

Não se comemora uma década todos os dias, mas é importante ressaltar o crescimento e popularização desse mercado.

A internet não apenas modificou a maneira que nos conectamos com os outros e com o mundo, mas acima de tudo, modificou o jeito que fazemos negócios.

 

Ainda de acordo com Sarraf, ele acredita que o mercado tem potencial para continuar crescendo dois dígitos por mais 10 anos.

Ainda há ramos não explorados e todos os anos a tecnologia nos proporciona ferramentas que permitem que inovemos os jeitos de vender produtos e serviços.

 

Há 10 anos ninguém pensava em fazer compras internacionais com a facilidade que fazemos hoje.

Quem acompanha o mercado a tanto tempo sabe das mudanças que aconteceram e da evolução do mercado de e-commerce.

Vender serviços pela internet, então, era arriscado demais.

 

Hoje, lojas online se sustentam por si só e não dependem mais de um ponto físico para sustentar a marca. Todo o trabalho pode ser feito pela web.

 

Evolução do Mercado de e-commerce

Pegando por parâmetro o mercado de 10 anos atrás que foi a data do primeiro Fórum da E-commerce Brasil,  observando a evolução do mercado e das empresas desse ramo, entendemos como evoluiu.

Hoje, temos empresas extremamente especializadas em cada área que envolve o e-commerce.

Temos agências que executam trabalhos apenas para e-commerces.

 

Este ano em especial, observamos diversas empresas se integrando a outras, compras grandes e assim por diante. De acordo com Sarraf, essa será a tendência para os próximos anos.

 

Leia mais sobre O que está acontecendo com o mercado de e-commerce.

 

Tanto pela saturação do mercado em questão de empresas, quanto pelo fato que umas crescerão mais que outras e é inevitável que se sobreponham.

Porém, provando que o mercado cresceu e ainda vai crescer, basta observar a as proporções do evento e a quantidade de patrocinadores, ou seja, a evolução do mercado do e-commerce neste quesito.

 

Não vai ser estranho se nos próximos anos, as credenciais virem com logomarcas de patrocinadores em 2 páginas, afinal, uma já está cheia.

 

As grandes empresas

Forum3 227x300  227w

 

Como já comentado, uma das principais mudanças que podemos observar nesses 10 anos de Fórum, foi o crescimento e surgimento de diversas empresas relacionadas ao ramo.

Desde plataformas de e-commerce à sistemas de integração e RP, o que você puder imaginar.

 

Mas, ao mesmo tempo, especialmente desde 2018, observamos uma movimentação de “empresa compra empresa”.

E não é de se estranhar. Entre empresas concorrentes, umas acabam dando mais certo que outras. E, como uma forma de integração, observamos empresas unindo-se à outas.

 

Não é necessariamente algo ruim, é uma forma do mercado se renovar e continuar crescendo.

Por isso, ao abrir uma empresa é preciso estar preparado para concorrer com os grandes. Afinal, você não abre um negócio para ser pequeno.

 

Vale a pena investir em um e-commerce?

Podemos dizer que essa é a tendência do futuro.

A competição só tende a aumentar daqui pra frente, seja com as inúmeras lojas que surgem por ano;

 

Seja com os grandes marketplaces;

Seja até mesmo com a concorrência internacional;

 

Mas, isso não significa que novos empresários devem desanimar. O ponto principal é pensar “Qual problema minha empresa quer resolver?” e fazer o planejamento do seu negócio.

 

Mas, e a crise?

 

Assista ao vídeo sobre vale a pena empreender na crise.

 

Em tempos de crise, se puder empreender, empreenda. Apesar da crise, o e-commerce continua a crescer e as previsões são apenas positivas.

 

Com um bom planejamento para não haver nenhuma surpresa não calculada, tempos de crise são ótimas oportunidades para empreender em negócios rentáveis e oportunidades de crescer.

O que será que vai mudar nos próximos 10 anos?

Deixe um Comentário

Entre em contato