Mudanças no contrato dos Correios para e-commerces

Em agosto deste ano produzimos um vídeo explicando como fazer um contrato com os Correios para e-commerces. De lá para cá alguns pontos mudaram, como o fim do pacote básico chamado de “Encomenda 1”. Nessa modalidade, o valor mínimo para começar o contrato com a companhia era de R$127,40 por PAC e R$123,43 por sedex, não havendo cota mínima para quantidades de produtos dos mesmos.

Com essa nova mudança nos contratos, os usuários que utilizam o plano “Encomenda 1” e quiserem continuar utilizando os serviços dos Correios terão agora duas opções de contrato: a Encomenda 2 ou o E-commerce 1, com uma cota mínima de R$2 mil reais por mês para o início do contrato.

Além do valor de R$2 mil na mensalidade do plano, o usuário terá que apresentar uma cota mínima de 66 encomendas, que deverão ser enviadas em um prazo máximo de 30 dias para o envio. Isso corresponde a um aumento de 1900% no valor do plano básico antes praticado.

É importante ressaltar que no novo modelo básico, caso o usuário não atinja o valor mínimo de R$ 2 mil de postagem, deverá arcar com esse custo, pagando a diferença para que a cota seja atingida. Por isso, aconselhamos você a ter certeza de que o valor das postagens mensais do seu e-commerce ultrapasse a cota mínima, para não correr o risco de pagar por um serviço que não será utilizado.

Se o seu negócio ainda não atinge o valor mínimo de postagens, você poderá continuar enviando as mercadorias da forma tradicional, embalando-as e levando até a agência dos Correios mais próxima ou ainda utilizando uma transportadora para fazer as entregas.

A nossa redação entrou em contato com os Correios, que enviaram a seguinte nota oficial por e-mail. “Os Correios disponibilizam um conjunto de soluções que atendem a todas as necessidades de preços e prazos das empresas de e-commerce, desde as MPEs até os grandes lojistas virtuais do mercado e os consumidores de produtos pela web. Constantemente a empresa realiza revisões das modalidades de contratação de soluções ao mercado e, em breve, estará disponível a nova opção de contratação via internet, em ambiente totalmente digital. Essa agilidade proporcionará aos clientes, principalmente aos micro e pequenos empresários, mais conveniência e comodidade no acesso aos serviços dos Correios, com valores mais atrativos que as tabelas de balcão e ainda com prazo para pagamento”.

Afinal, ainda vale a pena fazer um contrato com os Correios?

Sim! Mas depende do volume projetado para o seu e-commerce. Em diversos vídeos falamos sobre a precificação para o seu e-commerce e nela sempre alocamos uma linha para cobrir os custos do envio.

Desta forma, é possível prever a quantidade de pedidos mensais. Por exemplo: 

Com 100 encomendas e um custo médio de 8% do valor do produto (com um ticket médio de R$ 200, o custo do frete seria de R$ 16). Assim, o custo mensal de envio seria de R$ 1.600, ainda abaixo do contrato mínimo.

Porém, como o valor está próximo, temos que ponderar os seus benefícios e, talvez, investir um valor a mais (R$ 400) como orçamento de marketing para viabilizar e facilitar a sua vida com essas encomendas.

Se o valor fosse metade ou menos, não acho que vale a pena neste cenário. Lembrando que o volume de pedidos diário ainda é baixo e você irá “sofrer” acima de 40 pedidos por dia. Como sempre falo, “faça a conta antes”.

Deixe um Comentário

Entre em contato