Black Friday 2019: Crescimento do e-commerce

Uma das datas comemorativas mais memoráveis para movimentação do varejo, a Black Friday 2019 superou expectativas faturando quase 4 bilhões de reais.

Perdendo apenas para o natal, ficou claro que a Black Friday é uma das datas comemorativas mais importantes para o mercado de e-commerce.

 

Perdendo, finalmente, a fama de Black Fraude, a data está consolidada no hábito de consumo dos brasileiros.

E apresenta crescimentos acima da média.

 

Na Black Friday 2019, de acordo com dados da Ebit Nilsen, foi faturado um total de 3,2 bilhões de reais.

Apresentando um crescimento de quase 24% em relação ao ano anterior.

Para muitos lojistas, essa foi a melhor Black Friday de todos os anos.

 

Black Friday 2019

Black Friday2019 4 300x154

 

Apresentando um crescimento de 23,6% cenário positivo e otimista em relação a o que o consultor Thiago Sarraf esperava.

O fundador da Doutor E-commerce previa algo em torno dos 15% devido ao cenário econômico do país.

 

Fora, porém, uma surpresa muito positiva para o mercado de e-commerce.

E para os lojistas que tanto ansiavam pela Black Friday 2019.

De acordo com os dados da Clear Sale, o número de pedidos chegou em 6,11 milhões, apresentando crescimento de 28,5% em relação a 2018.

 

Já o ticket médio apresentou pouco crescimento, de 1,9%.

O ticket médio ter pouca alteração ao passo que o número de pedidos tenha crescido tanto significa mudanças no comportamento do consumidor.

Ao invés de focar a data em compras de produtos de alto valor, os consumidores optaram por produtos de menor preço agregado.

 

A categoria que se destaca é de moda e acessórios, com o maior share de pedidos, 13,4%.

Entretenimento vem em segundo lugar com 11,5% do share de pedidos, seguido por beleza e perfumaria com 9,8%.

Ou seja, os consumidores não esperavam a data para adquirem produtos de alto valor.

Mas sim, para aproveitar as promoções e fazer as compras desejadas.

 

Perfil do consumidor

 

Black Friday2019 3 300x284

 

Ainda de acordo com os dados da Clear Sale, o perfil do público da Black Friday 2019 se mantem em praticamente 50/50.

Homens estão em minoria, com 49% enquanto o público feminino se sobressai com 51%.

 

A faixa etária de maior presença nas compras foi entre 26-35 anos, com 36,7%.

Ou seja, o consumidor principal foram mulheres, provavelmente formadas recém empregadas ou que estão se estabelecendo no mercado de trabalho.

Em seguida, temos a faixa etária de 35-50 que são adultos já mais estáveis financeiramente.

E que procuram compras de maior valor agregado como eletrodomésticos e eletrônicos.

 

Regiões

Em relação ao share sobre regiões, o Sudeste segue em destaque com 65% das vendas realizadas.

O nordeste apresenta destaque com 13,2% mostrando o crescimento da região e do poder econômico dos moradores.

 

Já os três estados principais da região Sudeste, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, seguem a frente com o total de pedidos.

Black Friday2019 2 300x92

 

Faturamento

Em relação ao faturamento por segmento, eletrodomésticos ganha o destaque, com um total de R$706 milhões de reais.

Com ticket médio de R$1347,1.

Com maior preço agregado, eletrodomésticos e telefonia ocuparam o primeiro e segundo lugar.

 

Já moda e acessórios, que ficou com o maior share de pedidos, entra em quinto na lista de faturamento.

Totalizando R$232 milhões de reais.

 

Novos consumidores online

As atrativas promoções feitas na Black Friday 2019 levaram 418 mil brasileiros a comprar pela internet pela primeira vez.

De acordo com dados da Ebit, a alta foi de 12% em relação ao ano passado.

 

As redes sociais entram em segundo lugar como motivadores de compra, perdendo apenas para o sites de busca.

O instagram ultrapassou o facebook, tornando-se a mídia que mais influencia nas compras.

 

Conclusão

Em suma, esses números são grandes aliados na hora de planejar a sua Black Friday 2020.

É importante ficar de olho no comportamento do consumidor, onde ele está e a adesão dele com as suas promoções.

As campanhas de marketing são suas melhores amigas em datas como essa.

E dados mostram que seu investimento deve focar em Google Ads e Instagram Ads.

 

Superando o Facebook, o Instagram é uma rede social que cresce cada dia mais.

Especialmente com a ajuda dos influenciadores digitais.

Não deixe de estar presente nessas plataformas também para não perder relevância.

 

Black Friday2019 1 768x204  768w

 

Os dados da Ebit mostram que mais de 50% dos pedidos foram feitos via dispositivo móvel, por isso é indispensável pensar no responsivo.

Entender o seu consumidor e as tendências de compras pela internet é o primeiro passo para uma Black Friday de sucesso.

Com boas condições e ofertas, o brasileiro é um povo disposto a gastar.

 

Por isso, tais datas devem ser planejadas com cuidado e com bastante tempo de antecedência.

Entenda seus consumidores, faça estoque de produtos, deixe seu site o mais fácil possível de navegar por qualquer dispositivo e faça a venda.

 

Leia mais sobre os Principais indicadores de desempenho para o seu negócio

 

Os números da Black Friday 2019 mostram que o mercado de e-commerce ainda tem muito potencial.

Mais e mais brasileiros estão se tornando adeptos à data e movimentando a economia.

Por isso, não deixe de investir e se planejar para a Black Friday 2020!

Deixe um Comentário

Entre em contato